Sindifisco-AC avaliará cumprimento de acordos após promulgação da Reforma da Previdência

Após ser aprovada em votação de dois turnos na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), a Reforma da Previdência Estadual aguarda promulgação por parte do presidente da Mesa Diretora, Nicolau Júnior (Progressistas), para começar a valer. Com isso, a Diretoria do Sindicato do Fisco Estadual do Acre (Sindifisco-AC) avaliará se as propostas acordadas foram adicionadas a matéria aprovada.
A entidade sindical liderou as manifestações contra a proposta enviada ao Legislativo pelo governador Gladson Cameli (Progressistas) em regime de urgência. Apesar das diversas movimentações suscitadas pelo sindicato, a proposta foi votada e aprovada na tarde da última terça-feira, 26. A presidente do Sindifisco-AC, Leyla Alves, comenta o trabalho realizado.
“Fora as manifestações e diversos debates com os deputados estaduais, também nos reunimos com o governador na semana passada para mostrar que a proposta é prejudicial para os trabalhadores do Estado. Mesmo assim, o governo decidiu manter a ideia e fomos obrigados a sugerir alterações no texto original para amenizar o impacto na vida das pessoas”, afirma Leyla.
A presidente ressalta ainda que o bloqueio da Aleac por policiais militares no dia da votação foi um desrespeito com a população, sindicatos e servidores do Estado. Para ela, o Legislativo e Executivo agiram de forma autoritária. “É algo inadmissível. Agora, o Sindifisco avaliará o texto após a promulgação para verificar se os acordos foram cumpridos. Caso não, tomaremos providências imediatas. Todo esse processo foi errado e ficaremos vigilantes quanto a essa pauta”.

%d blogueiros gostam disto: